Psicogerontologia

Autoavaliação da Maturidade

Você se sente realizado ao ter atingido a maturidade? Satisfeito com as escolhas feitas e plenamente feliz pela caminhada percorrida, bem como projetada?

Talvez as respostas para essas perguntas não tenham sido positivas.

Talvez haja um questionamento em relação às escolhas feitas, uma insatisfação em relação aos relacionamentos construídos ou às carreiras que foram desenhadas.

Por outro lado, a maturidade é justamente uma etapa da vida, quando os ganhos materiais e/ou sociais já foram conquistados, que é possível apresentar maior criatividade e possibilidade de crescimento em seu mundo interno.

Sim, a Crise da Meia idade existe...

…e é denominada pela Psicologia Analítica como Metanóia.

Trata-se de um processo que surge na segunda metade da vida e
demanda reestruturação dos papéis sociais.

Será nesse momento, que para muitos de nós, o modo de pensar a vida, de ver o mundo,
e até mesmo, de se ver, desorganiza-se e faz parecer que
não encaixamos mais em nossa realidade.

O envelhecimento e a contradição cultural

Como o envelhecimento é percebido por grande parte da sociedade?

É lamentável, mas em nossa cultura, além de não haver um conhecimento claro sobre a atribuição e finalidade da segunda metade da vida, há uma ideia
pré-concebida de que a velhice se caracteriza somente pela decadência física e ausência de papéis sociais.

Muito pelo contrário, o amadurecimento fomenta um aprendizado ímpar, com acúmulo de experiências que podem agregar grande valor à sociedade.

O papel da Psicogerontologia

Entenda a importância da Psicoterapia nesse estágio da vida.

A Psicogerontologia investiga e compreende o fenômeno do envelhecimento neurofisiológico, psíquico e social.

A fragilidade das transformações no envelhecer e os aspectos psicológicos envolvidos neste processo precisam ser analisados de forma subjetiva. São temas relevantes e avaliados:

– a história de vida,
– relações familiares e sociais,
– mudanças corporais,
– memória,
– transtornos psíquicos,
– transtornos cognitivos,
– encerramento de carreira profissional e
– sexualidade.

Uma interpretação negativa em relação ao próprio envelhecimento poderá prejudicar seu autoconceito e sua autoestima, o que afetará sua vida física e psíquica.

Promover bem estar e uma melhor qualidade de vida, especialmente considerando culturas mais egoístas com olhar restrito para o adulto que vivencia a metanóia.

Esse é um momento de revisão! Impõe um olhar para dentro; impõe acreditar e seguir a nós mesmos. Portanto, é uma fase que pode provocar muita angústia e sofrimento, mas também, liberdade e renovação!

“Existem diversas formas de viver e de envelhecer. As pessoas são diferentes e cada uma terá seu envelhecimento de acordo com a vida vivida.”

“Uma pergunta relevante para os dias de hoje é: Como queremos envelhecer? Alguns envelhecerão vivos, outros, esperando a morte chegar”.

“Ainda é possível utilizar as perdas que ocorrem na fase de envelhecimento para ampliarmos nossa consciência e para  crescermos”

Fechar Menu

Contato

Preencha o formulário abaixo e vamos conversar!